???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5122
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Atividades para idosos: um estudo de representações sociais
???metadata.dc.creator???: Costa, Sônia Mara Gusmão 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Silva, Antonia Oliveira
???metadata.dc.description.resumo???: Introdução: o conceito de atividade engloba o sentido de ocupação de uma pessoa, de dedicar-se a atividades diversificadas, como também a capacidade de agir. A conjugação do aumento da esperança de vida; queda da natalidade e os avanços tecnológicos na área das ciências da saúde tem induzido uma alteração demográfica constante, essa dinâmica se traduz em maior procura dos idosos por serviços de saúde, trazendo desafios de demandas sociais e econômicas, como também uma série de questionamentos para os gestores e pesquisadores do campo da saúde. Sendo assim, conhecer as representações sociais das atividades oferecidas aos idosos enquanto formas de conhecimentos/informações construídas e/ou atualizadas na vida social das pessoas, possibilita que tais fenômenos evidenciem aspectos subjetivos envolvidos no cotidiano da organização de um saber próprio de uma realidade social. Objetivo do Estudo: identificar representações sociais sobre atividades construídas por idosos. Metodologia: trata-se de um estudo exploratório de abordagem quanti-qualitativa, desenvolvido com idosos (N= 240). Para coleta de dados utilizou-se uma entrevista semiestruturada e o Teste da Associação Livre de Palavras com o termo indutor: atividades oferecidas aos idosos. Os dados obtidos das entrevistas e do referido teste foram organizados em bancos de dados e processados pelos softwares Alceste 4.8 e SPSS 20. Resultados: houve uma predominância de idosos do sexo feminino, com 70 a 74 anos, viúvas e idosos casados; mulheres com escolaridade média e homens com escolaridade baixa e renda equivalente a um salário mínimo; com relação às atividades desenvolvidas 17,9% não realizavam nenhuma atividade. Os dados obtidos da analise do Alceste, com um aproveitamento de 91.25 % do material analisado apontou sete classes: dimensões sociais; físicas; psicológicas; psicossociais; tipos de atividades; opiniões sobre atividades e benefícios da atividade. Considerações finais: ao identificar representações sociais sobre atividades oferecidas a idosos, acredita-se que este estudo poderá agregar valor à produção do conhecimento na Enfermagem e área da saúde por se conhecer o que pensam os idosos sobre as atividades e pela possibilidade de introduzir abordagens no atendimento do ponto de vista singular e integral à pessoa idosa.
Abstract: Introduction: the concept of activity encompasses the sense of occupation of a person, engage in diversified activities, as well as the ability to act. The combination of increased life expectancy, declining birth rates and technological advances in the area of health sciences has led to an ever changing demographic, this dynamic translates into greater demand for health services by the elderly, bringing challenges to social and economic demands as well as a series of questions for managers and researchers in the health field. Thus, the social representations of the activities offered to seniors as forms of knowledge / information built and / or updated in the social life of the people, enables such phenomena evidencing subjective aspects involved in the daily organization of their own knowledge of a social reality. Study Objective: To identify the social representations of activities built by seniors. Methodology: this is an exploratory study of quantitative and qualitative approach, developed with older people (N = 240). For data collection we used a semistructured interview and test the Free Word Association with the term inductor activities offered to seniors. The data obtained from the interviews and said test were organized in databases and processed by software Alceste 4.8 and SPSS 20. Results: There was a predominance of elderly females, 70-74 years old, widowed and married elderly, women with average education and men with low education and income equivalent to the minimum wage, with respect to activities 17.9% did not hold no activity. The data obtained from the analysis of the Alceste, with a rate of 91.25% of the analyzed material included seven classes: social dimensions, physical, psychological, psychosocial, types of activities; opinions on activities and benefits of the activity. Final considerations: to identify the social representations of activities offered to the elderly, it is believed that this study will add value to the production of knowledge in nursing and health by knowing what the elderly think about the activities and the possibility of introducing approaches in service point of view unique and integral to the elderly.
Keywords: Envelhecimento
Atividades
Representações sociais
Enfermagem
Aging
Activities
Representations
Nursing
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Enfermagem
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Citation: COSTA, Sônia Mara Gusmão. Atividades para idosos: um estudo de representações sociais. 2013. 70 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5122
Issue Date: 1-Apr-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.28 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.