???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5054
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Retardo no diagnóstico de TB e a influência dos aspectos relacionados à gestão.
Other Titles: Delay in the diagnose of TB and the influence of the aspects related to management.
???metadata.dc.creator???: Barrêto, Anne Jaquelyne Roque 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sá, Lenilde Duarte de
???metadata.dc.description.resumo???: A detecção precoce dos casos de Tuberculose (TB) e um tratamento eficaz são duas ferramentas poderosas para se obter êxitos no controle da tuberculose. Considerando que não havendo o envolvimento dos gestores na organização dos serviços de saúde o controle da TB pode ser fragilizado, principalmente pela deficiência no planejamento das ações de controle, o que irá contribuir para o retardo no diagnóstico da doença. Este estudo objetivou analisar a discursividade de gestores sobre a relação entre a organização dos serviços de saúde e os fatores que influenciam no retardo do diagnóstico da tuberculose no município de João Pessoa-PB. Teoricamente respalda-se a luz da interface dos conceitos de co-gestão, planejamento em saúde e humanização, na perspectiva da integralidade e centrado na organização dos serviços de saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que teve seu material empírico construído através de entrevistas gravadas no período de agosto e setembro de 2009, realizadas com 16 apoiadores matriciais. A análise foi realizada conforme a técnica de Análise de Discurso de linha francesa. Sendo produzidas duas formações discursivas: 1) Organização dos serviços de Saúde e a relação com o retardo do diagnóstico de TB e 2) Fatores relacionados à organização dos serviços que retardam no diagnóstico de TB. O estudo revelou em relação à primeira formação discursiva que há um distanciamento da compreensão dos gestores em relação a política estabelecida pelo município, que embora exista um processo de descentralização do controle da TB para a Estratégia Saúde da Família, denota uma organização dos serviços voltados para o cumprimento de protocolos,monitoramento de indicadores e garantia de acesso as tecnologias duras para o diagnóstico, que os gestores não conhecem o verdadeiro significado da estratégia DOTS, o que contribui para fragilizar a construção de um cuidado integral a pessoa doente de TB, e ainda que não há planejamento de ações voltadas para o controle da doença. Sobre à segunda formação discursiva pode-se perceber que dentro do plano estratégico de atenção à saúde do município de João Pessoa, os apoiadores matriciais gerenciam unidades integradas de saúde, entretanto mesmo assumindo uma posição de gestor de saúde, os mesmos não se apresentam qualificados ou empenhados para tal função, revelando desconhecimento sobre ações de controle da TB em seus vários aspectos. Os fatores apresentados pelos apoiadores como dificultadores na detecção precoce de casos de TB relaciona-se aos usuários; quanto à estigmatização da doença, resistência na procura de atendimento e falta de conhecimento acerca da TB; e, sobre os serviços de saúde volta-se para falta de qualificação dos profissionais de saúde e questões estruturais relacionada, principalmente a realização de exames. Percebe-se nos discursos dos gestores que processo de (re)organização de ações e serviços para a garantia de acesso e do cuidado ao doente de TB, mostra-se relegada a um segundo plano, seja pela incipiente reflexão entre a teoria e a prática ou pela opacidade do discurso na incompreensão do conceito teórico da Determinação Social da Doença. Nesse sentido, sugere-se que a gestão maior, representada pela Secretaria de Saúde e Distritos Sanitários, disparem processos de discussão e reflexão, junto aos gestores, na função de apoiadores matriciais. Primeiramente, sobre os processos instituintes ao qual estão envolvidos, que perpassa pela ruptura de práticas hegemônicas instituídas historicamente e de saberes reducionistas do processo saúde-doença-cuidado para práticas democráticas, de inclusão e de solidariedade.
Abstract: The early detection of the cases of Tuberculosis (TB) and an effective treatment are two powerful tools for obtaining success in the control of tuberculosis. Considering that there is no involvement of the managers in the organization of the services of health the control of the TB can be weakened, principally by the deficiency in the planning of the actions of control, which will contribute for the delay in the diagnostic of the disease. This study aimed to analyze the discourse of the managers about the relation between the organization of the services of health and the factors that influence in the delay of the diagnostic of the tuberculosis in the city of João Pessoa PB. Theoretically it is supported to the light of the interface of the concepts of co-management, planning in health and humanization, in the perspective of the integrality and centered in the organization of the health services. It is a qualitative research, which had its empiric material built through interviews recorded from August to September 2009, done with 16 matrix supporters. The analysis was done according to the technique of Analysis of the Speech of the French line. Being produced two discursive formations: 1) Organization of the health services and the relation with the delay of the diagnostic of TB and 2) Factors related to the organization of the services that delay the diagnostic of TB. The study revealed towards the first discursive formation that there is a spacing out of the comprehension of the managers related to the policy established by the city, that although there is a process of decentralization of the control of the TB for the Family Health Strategy, highlights an organization of the services towards compliance of protocols, monitoring of indexes and guarantee of access to the hard technologies for the diagnostic, that the managers do not know the real meaning of the strategy DOTS, which contributes for weakening the construction of an integral care to the patient of TB, and yet there is no planning of actions for the control of the disease. It is realized in the speech of the managers that the process of (re) organization of actions and services for the guarantee of access and of the care to the patient of TB, seems relegated to a second plan, either by the incipient reflection between the theory and the practice or by the opacity of the speech in the incomprehension of the theoretical concept of the Social Determination of the Disease. In this sense, it is suggested that the bigger management, represented by the Health Secretary and Sanitary Districts, trig processes of discussion and reflection, with the managers, in the function of matricial supporters. Firstly, about the instituting processes which are involved, that pervade by the rupture of hegemonic practices instituted historically and of reductionists of the health-disease-care process for democratic practices, of inclusion and of sympathy.
Keywords: Enfermagem
Tuberculose
Gestão em Saúde
Gerência
Nursing
Tuberculosis
Management in Health
Management
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Enfermagem
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Citation: BARRÊTO, Anne Jaquelyne Roque. Delay in the diagnose of TB and the influence of the aspects related to management.. 2010. 124 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5054
Issue Date: 20-Dec-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.