???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4536
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação da presença de alumínio na água do sistema de abastecimento público da cidade de João Pessoa e Grande João Pessoa no estado da Paraíba e os possíveis riscos para a saúde da população
???metadata.dc.creator???: Figueiredo, Gesivaldo Jesus Alves de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Gadelha, Carmem Lúcia Moreira
???metadata.dc.description.resumo???: A água bruta apresenta inúmeras impurezas, sendo várias delas inócuas e outras prejudiciais à saúde humana, tais como substâncias tóxicas, bactérias e vírus. O tratamento prévio da água é de fundamental importância para o consumo humano, pois confere à água características de potabilidade e boa aparência ao eliminar as impurezas presentes. O tratamento do tipo convencional ou completo é, geralmente, o mais usado para águas de abastecimento doméstico e podem fornecer água dentro dos padrões sugeridos pela Portaria no 518, de 25 de março de 2004, do Ministério da Saúde. Porém, para que isso aconteça, é necessário que a concentração de impureza na água bruta tenha um valor limitado de acordo com a Resolução no 20, de 18 de junho de 1986, do Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA. Este trabalho avaliou os potenciais riscos para a saúde da população da cidade de João Pessoa/PB em decorrência das concentrações de alumínio encontradas no sistema Gramame/Mamuaba de abastecimento de água. Os resíduos de alumínio na água, provenientes do sulfato de alumínio, podem contribuir para algumas doenças no organismo humano, como osteoporose, hiperatividade e dificuldade de aprendizado em crianças, e até mesmo para os males de Alzheimer e Parkinson. Para tanto, analisaram-se no período compreendido entre setembro de 2003 e outubro de 2004, parâmetros físicos e químicos, inclusive, concentração de alumínio, na água bruta e tratada do referido sistema. Os pontos de amostragem foram fixados na chegada da água bruta à estação de tratamento, no reservatório central de água tratada e reservatórios setoriais na rede de distribuição. Os resultados obtidos indicam, para o período analisado, concentrações de alumínio na água tratada fora dos padrões de potabilidade e, portanto, imprópria para o consumo humano, segundo a Legislação vigente. Assim, pelos níveis de alumínio detectados nesse estudo, os riscos para a saúde da população de João Pessoa e Grande João Pessoa no estado da Paraíba são evidentes e potenciais
Abstract: Natural untreated water has high impurity level, containing some innocuous substances but with some components that pose risks to human health, like toxic compounds, bacteria, and viruses. Treatment of water before being consumed by humans is vitally important, because water will become potable and apparently good for consumption after elimination of impurities. The conventional or complete treatment is applied mostly for the water of domestic use, according to standards recommended by the governmental regulation number 518 of 25 March, 2004, of the ministry of health. However, such standard will only be satisfied if the concentration of impurities be limited with respect to the resolution number 20 of 18 June, 1986, adopted by the CONAMA Conselho Nacional do Meio Ambiente (the Brazilian National Council for the Environment). In the present work the potential risks to the human population of João Pessoa, the capital of the State of Paraíba, Northeast Brazil, were evaluated with respect to the concentration of aluminium found in the water supplied by the reservoir system Gramame/Mamuaba. Residues of aluminium in water, generated by aluminium sulphate, may contribute to some illnesses in humans, like osteoporosis, hyperactivity and learning difficulty in children, and even Alzheimer s and Parkinson s diseases. This way, from September 2003 to October 2004, some physical and chemical characteristics of the water, including the concentration of aluminium, were analyzed in untreated and treated waters. The results obtained showed amounts of aluminium above the recommended standards, posing clear risks to consumption of water by human population
Keywords: Meio Ambiente
Água
Recursos Hídricos
Alumínio
Saúde Pública.
Aluminium
Water treatment
Public health
Environment
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Gerenciamento Ambiental
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: FIGUEIREDO, Gesivaldo Jesus Alves de. Avaliação da presença de alumínio na água do sistema de abastecimento público da cidade de João Pessoa e Grande João Pessoa no estado da Paraíba e os possíveis riscos para a saúde da população. 2004. 118 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2004.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4536
Issue Date: 22-Dec-2004
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.73 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.