???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/3657
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Estudo de frequências alélicas de 15 STRs autossômicos na população paraibana
???metadata.dc.creator???: Castro, Sarah Gurgel de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Siqueira Júnior, José Pinto de
???metadata.dc.description.resumo???: A identificação humana está baseada na análise do DNA através de marcadores moleculares presente em todo o genoma. Estes marcadores são transmitidos de pais para filhos por hereditariedade. Atualmente os marcadores STR são os marcadores genéticos mais utilizados em Genética Forense devido ao seu elevado polimorfismo, alta reprodutibilidade, possibilidade de serem amplificados por PCR em inúmeras cópias numa só reação e em mínimas quantidades de DNA (1ng). O exame de DNA que permite a individualização das pessoas é ferramenta indispensável à solução de casos forenses de identificação humana, crimes sexuais, locais de crime (incluindo ou excluindo suspeitos), desastres em massa, e tem seu resultado apresentado em cálculos estatísticos que consideram a frequência alélica dos marcadores usados. Por isso é importante o conhecimento das frequências alélicas apresentadas na população regional de forma que os resultados sejam os mais fidedignos possíveis. Neste trabalho, 15 marcadores autossômicos (loci) STR ou microssatélites (CSF1PO, D13S317, D16S539, D18S51, D19S433, D21S11, D2S1338, D3S1358, D5S818, D7S820, D8S1179, FGA, TH01, TPOX e vWA) foram estudados em 766 indivíduos paraibanos não aparentados, demonstrando uma população tri - hibrida, formada de africanos (25,86%), ameríndios (6,81%) e europeus (67,33%). Os mais informativos foram D21S11 e FGA, e os menos informativos foram TPOX, D7S820 e D13S317. Os resultados são importantes para que um banco de dados com as frequências alélicas encontradas na população paraibana possa servir de base de cálculo útil para prática forense no Estado da Paraíba.
Abstract: Human identification is based on analyzing DNA through present throughout the genome molecular markers. These markers are transmitted from parents to offspring by heredity. STR markers are currently the most commonly used genetic markers in Forensic Genetics due to their high polymorphism, high reproducibility, possibility of being amplified by PCR in multiple copies in a single reaction, and minute quantities of DNA (1ng). The DNA test that allows individualization of the people is essential tool to the solution of forensic human identification cases, sex crimes, crime scenes (including or excluding suspects), mass disasters, and its result is presented in statistical calculations that consider allele frequency of markers used. So it is important to know the allele frequencies presented in the regional population so that the results are the most reliable possible. In this study , 15 autossomal markers (loci) STR or microsatellite (CSF1PO, D13S317, D16S539, D18S51, D19S433, D21S11, D2S1338, D3S1358, D5S818, D7S820, D8S1179, FGA, TH01, and VWA TPOX) were studied in 766 unrelated individuals paraibanos, demonstrating a tri population - hybrid formed Africans (25.86 %), Amerindian (6.81 %) and Europeans (67.33 %). The most informative were D21S11 and FGA, and were less informative TPOX, D7S820 and D13S317. The results are important for a database with allele frequencies found in Paraiba population can serve as a useful basis for calculating forensic practice in the State of Paraíba.
Keywords: Frequência Alélica
Desoxiribonucleic Acid - DNA
Short Tandem Repeats - STR
Allele frequency
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Biologia Celular e Molecular
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Citation: CASTRO, Sarah Gurgel de. Estudo de frequências alélicas de 15 STRs autossômicos na população paraibana. 2014. 91 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/3657
Issue Date: 26-Feb-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf1.77 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.